Vídeo conquista: fiscais da prefeitura destrói carrinho de frutas de trabalhador no centro da cidade

Fiscais da prefeitura de Vitória da conquista BA causa grande prejuízo a vendedores de frutas no centro da cidade, a polícia foi chamada para apoiar a atrocidade

Mais uma vez o trabalho da administração de Vitória da conquista na Bahia tem causado indignação a população.

Pela segunda vez em pouco mais de um ano os fiscais da prefeitura do município atacam vendedores de frutas que atuam no centro da cidade, destruindo mercadorias e outros objetos.

Desta vez a atrocidades aconteceu próximo ao Ceasa. Um homem que trabalhava juntamente com a esposa e sua filha ainda de colo, vendendo frutas em um carrinho, para manter o sustento da família teve sua mercadoria confiscada e destruída após discutir com os fiscais por não aceitar a apresentação da mercadoria.

O fato triste causou indignação a populares que passavam pelo local. Vários vídeos foram gravados registrando a atuação vergonha dos fiscais que mais uma vez tira e destrói o sustento de mais uma família brasileira que vive em meio a uma das piores crises do país, e que estava apenas buscando uma forma honesta de viver.

Enquanto toda a preocupação está sendo voltada para um trabalhador que está tentando levar o sustento para a sua família, os hospitais da cidade andam cheios de pacientes espalhados pelos corredores e sendo tratados como animais.

Pessoas morrem todos os dias em filas esperando a simples realização de um exame.

Pacientes constantemente reclamam da demora e da péssima a assistência prestada em hospitais e clínicas.

Segurança pública ineficaz: a cidade ainda mantém “milhares” de pontos de drogas que não são “”fiscalizados””. 

A população e vítima de enumerou assaltos todos os dias e nem uma atitude e tomada para coibir a atividade dos criminosos.

Além de dezenas de ruas sem pavimentação, transporte coletivos em completa desorganização entre dezenas de outros problemas que deveriam estar recebendo atenção prioritário mas não está.




Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.