Casos de depressão entre jovens pode estar relacionado ao uso de cannabis

Um em cada 14 dos casos de depressão em adultos jovens pode estar relacionado ao uso de cannabis na adolescência

Estamos vendo uma ascensão assustadora na depressão entre adolescentes. Existem vários fatores por trás disso, incluindo o uso de mídias sociais e transtorno de estresse pós-traumático.

Mas o uso de cannabis também poderia fazer parte da imagem?

Parece que sim, de acordo com o primeiro estudo desse tipo.

Os adolescentes que consomem cannabis são um terço mais propensos a sofrer de depressão e três vezes mais propensos a tentar o suicídio.

Dezenas de milhares de casos de depressão são provavelmente o resultado do uso de cannabis entre os menores de 18 anos.

Cerca de uma em cada 13 crianças entre os 11 e os 15 anos usa cannabis, aumentando para um em cada seis entre os 16 e os 24 anos.

Há muito tempo nos preocupamos que seu ingrediente ativo, o THC, prejudique o cérebro em um estágio crucial do desenvolvimento.

A droga foi associada a um aumento de cinco vezes no risco de psicose, mas a conexão com a depressão não havia sido estabelecida anteriormente.

Aqueles que usaram cannabis antes dos 18 anos eram 37% mais propensos a desenvolver depressão aos 32 anos do que aqueles que não o faziam. Eles também foram mais de três vezes mais propensos a tentar o suicídio.

“Especialmente para os adolescentes, pode haver um efeito que é biológico, com algumas consequências que podem ser devastadoras”, disse Andrea Cipriani, um dos autores da Universidade de Oxford.

“Os jovens devem estar cientes do risco.”

O Dr. Cipriani explicou que incluiu apenas os estudos mais rigorosos, que mostraram que o consumo de cannabis veio antes da depressão e levou em conta os outros riscos à saúde mental. Os resultados são robustos.

Ele estima que um em cada 14 dos casos de depressão em adultos jovens, cerca de 60.000 casos, pode ser atribuído ao uso de cannabis como adolescentes.

“Sabemos que o uso de cannabis é muito comum, então o impacto não é negligenciável”, disse ele.

“A mensagem é que pode haver um risco de desenvolver depressão entre os adolescentes que usam cannabis”.

A cannabis está a ficar mais forte e na Grã-Bretanha o skunk de alta potência é o mais utilizado, mas os seus efeitos a longo prazo são desconhecidos.

O dano pode ser permanente. A correlação entre o uso de cannabis e a má saúde mental é indiscutível. Mas novas pesquisas revelam que adolescentes e jovens adultos que fumam maconha têm maior probabilidade de ficarem ansiosos e deprimidos, mesmo considerando o suicídio mais do que os não usuários.

Os partidários da cannabis argumentam que são os jovens que já são propensos à depressão e que têm maior probabilidade de experimentar a cannabis. Mesmo assim, eles devem estar cientes de seus perigos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.