Mulher satânica que confessou ter matado o filho de 3 meses na Bahia, pode ter sido a responsável pela morte de um outro filho

O pai das crianças gemes que morreram, disse em depoimento à polícia que a mulher apresentava comportamento agressivo desde o início da gravidez

Graciane almeida silva, foi presa nesta quarta-feira (28), em vitória da conquista- BA, acusada de mata o próprio filho de 3 meses. A mulher confessou à polícia que deu vários tapas na cabeça do bebê porque ele estava chorando. Após a agressão, o bebê acabou falecendo horas depois devido a um traumatismo crânio cefálico.

Graciane deu à Luz a gêmeos no mês de setembro deste ano, porém um dos gêmeos faleceu no dia 6 novembro devido a insuficiência respiratória, como apontado em laudos médicos, porem agora após a morte de mais um outro filho, a polícia pediu a exumação do corpo do primeiro bebê para avaliar se o mesmo também sofreu violência por parte da mãe.

O pai dos gêmeos, prestou depoimento à polícia e contou que graciane já estava apresentando comportamento violento desde o início da gravidez.